top of page
  • Foto do escritorSobretrilhos

Trem Intercidades: veja como está projeto que liga Campinas a São Paulo

TIC foi alvo de campanhas políticas para governo de SP no ano passado; Tarcísio de Freitas citou projeto em visita a Davos.


Projeto de Trem Intercidades prevê três tipos de viagens - Foto: Luciano Claudino

Como está o projeto do Trem Intercidades, ou TIC, que pretende ligar Campinas

a São Paulo por meio de malha ferroviária? No papel há anos, a proposta esteve

presente nas campanhas políticas ao governo de São Paulo no ano passado e,

neste mês, o governador Tarcísio de Freitas (Republicanos) debateu o projeto

em visita a Davos, na Suiça.


No projeto at ual, o TIC prevê três t ipos de viagens, sendo:

  • um trem expresso, que ligará Campinas a São Paulo em 60 minutos

  • um trem intermetropolitano, que não deve parar em todas as estações

  • um trem parador, agregando estações de Vinhedo, Valinhos e as que já existem na linha 7-Rubi da CPTM, que fará o trajeto em cerca de duas horas

De acordo com a secretaria de Transportes Metropolitano, o projeto Trem Intercidades, está em fase final de ajustes para a publicação do edital, prevista para o primeiro semestre de 2023. A ideia é que seja feito por meio de uma parceria público-privada, ou seja, um contrato entre o setor privado e o governo.


Em nota, o governo estadual disse que desde novembro passado, está em andamento um acordo de cooperação técnica entre o Governo do Estado e o Ministério da Infraestrutura para a expedição de diretrizes relacionadas à liberação de território necessária à implantação do TIC Eixo Norte e da segregação entre trilhos de cargas e de passageiros. "Por meio da iniciativa, o Estado garante que a futura concessionária do TIC Eixo Norte assumirá os direitos e as obrigações da CPTM no trecho ferroviário até Jundiaí". Em dezembro do ano passado, o governo de São Paulo assinou um acordo de cooperação técnica com o Ministério da Infraestrutura para "destravar" a licitação do TIC.



Com a assinatura, o governo paulista disse que terá as condições necessárias para viabilizar a implantação e a operação do TIC Eixo Norte, e poderá lançar o edital da licitação da parceria público-privada.


EM DAVOS


Em Davos, na Suíça, o governador Tarcísio falou sobre o TIC com o presidente do BID, Ilan Goldfajn, para participação da estruturação de projetos no Estado. O governo não deu mais detalhes sobre estas negociações.


COMO SERÁ O INTERCIDADES?


O projeto prevê, na fase avançada, 101 km de extensão e contará com um serviço expresso entre Campinas, Jundiaí e São Paulo, e outro serviço parador entre Campinas e Francisco Morato, atendendo às cidades de Louveira, Valinhos e Vinhedo.


A expectativa é de atender até 60 mil passageiros/dia em todos os serviços. O prazo de execução total do projeto é de 7 anos, a partir da assinatura do contrato, com possibilidade de entrega do serviço do Trem Intercidades em 4 anos.


O projeto compreende também a operação, manutenção e obras, com melhoria do desempenho e da qualidade do serviço da linha 7-Rubi da CPTM.




bottom of page