top of page
  • Foto do escritorSobretrilhos

Buser começa a vender passagens para o exterior

Plataforma de intermediação de viagens rodoviárias tem 32 trechos com rotas de ida e volta para países da América Latina.


Por Redação Mobilidade

Com preços a partir de R$ 520, é possível viajar em poltronas do tipo Executivo e Leito. Foto: Divulgação / Buser.

A Buser começou a vender passagens para o exterior em janeiro de 2023. Assim, a plataforma de intermediação de viagens rodoviárias passou a contar com 32 trechos com viagens de ida e volta a países da América Latina, em parceria com a JBL Internacional.


De acordo com a startup, as rotas são para Santiago do Chile e Buenos Aires, na Argentina. Deste modo, a Buser passa a atuar no segmento de viagens internacionais. As viagens vão partir de São Paulo (SP) e Rio de Janeiro (RJ) para Santiago do Chile e Buenos Aires. Com preços a partir de R$ 520, é possível viajar em poltronas do tipo Executivo e Leito.


Outra novidade é que serão vendidas passagens para trechos de menor duração, entre Uruguaiana (RS) e Santiago (Chile), por exemplo, ou Rosário do Sul (RS) e Paso de Los Libres (Argentina).


Segundo a Buser, não serão cobradas taxas de cancelamento. Além disso, a startup informa que tem o menor valor de comissionamento em relação às demais empresas que atuam como consolidadores digitais.


“Nossa expectativa é transportar mais de 200 mil passageiros no modelo de marketplace, até o final da alta temporada em janeiro de 2023, incluindo os que viajarão nesses trechos internacionais”, projeta o diretor comercial da Buser, Sávio Caríssimo.

Mercado de viagens rodoviárias

Embora a atuação no mercado internacional seja uma novidade, a Buser possui mais de 100 empresas parceiras no segmento de revendas de passagens de ônibus. A atuação da startup teve início em 2017, por meio do modelo de fretamento colaborativo, em que os passageiros dividem o custo do frete de ônibus.

Contudo, em 2021 a startup passou a revender passagens em parceria com viações que atuam com marketplace. Agora, o segmento é responsável por 15% de todo o volume de viajantes transportados mensalmente pela plataforma. Além disso, alcança 20% de todas as vendas da Buser.


Em meio a este cenário, a startup revelou que a receita com a revenda de passagens aumentou 250% em 2022. Por isso, é uma aposta muito grande da startup atualmente. Entre as parcerias firmadas estão a Eucatur e a Catedral. “Desde que iniciamos, mais de 100 viações contaram com a nossa base de 9 milhões de clientes cadastrados para impulsionar suas vendas. Dar esse passo para a expansão internacional, com o apoio da JBL, é uma grande conquista, que está alinhada ao nosso desafio de expandir as operações e contribuir financeiramente de forma significativa com as empresas que disponibilizam seu portfólio em nossa plataforma de vendas”, detalha o diretor comercial da empresa.

Rotas das viagens internacionais da Buser

Brasil <> Argentina (rotas de ida e volta)

  • São Paulo (SP) – Buenos Aires (ARG)

  • São Paulo (SP) – Paso de Los Libres (ARG)

  • São Paulo (SP) – Puerto Iguazu (ARG)

  • Rio de Janeiro (RJ) – Buenos Aires (ARG)

  • Rio de Janeiro (RJ) – Paso de Los Libres (ARG)

  • Rio de Janeiro (RJ) – Puerto Iguazu (ARG)

  • Porto Alegre (RS) – Buenos Aires (ARG)

  • Porto Alegre (RS) – Paso de Los Libres (ARG)

  • Curitiba (PR) – Buenos Aires (ARG)

  • Curitiba (PR) – Paso de Los Libres (ARG)

  • Florianópolis (SC) – Buenos Aires (ARG)

  • Florianópolis (SC) – Paso de Los Libres (ARG)

  • Alegrete (RS) – Buenos Aires (ARG)

  • Alegrete (RS) – Paso de Los Libres (ARG)

  • Balneário Camboriú (SC) – Buenos Aires (ARG)

  • Balneário Camboriú (SC) – Paso de Los Libres (ARG)

  • Foz do Iguaçu (PR) – Buenos Aires (ARG)

  • Londrina (PR) – Buenos Aires (ARG)

  • Maringá (PR) – Buenos Aires (ARG)

  • Rosário do Sul (RS) – Buenos Aires (ARG)

  • Rosário do Sul (RS) – Paso de Los Libres (ARG)

  • São Gabriel (RS) – Buenos Aires (ARG)

  • São Gabriel (RS) – Paso de Los Libres (ARG)

  • Uruguaiana (RS) – Buenos Aires (ARG)

  • Uruguaiana (RS) – Paso de Los Libres (ARG)


Brasil <> Chile (rotas de ida e volta)

  • São Paulo (SP) – Santiago (CHI)

  • Rio de Janeiro (RJ) – Santiago (CHI)

  • Porto Alegre (RS) – Santiago (CHI)

  • Curitiba (PR) – Santiago (CHI)

  • Florianópolis (SC) – Santiago (CHI)

  • Alegrete (RS) – Santiago (CHI)

  • Uruguaiana (RS) – Santiago (CHI)




bottom of page