top of page
  • Foto do escritorSobretrilhos

ABIFER consolida volumes de 2022


As previsões de mercado feitas pela ABIFER – Associação Brasileira da Indústria Ferroviária, em novembro de 2022, durante evento promovido pelo SIMEFRE, na FIESP, foram ratificadas.


Em 2022, foram entregues apenas 1.300 vagões de carga, 54 locomotivas (3 exportadas) e nenhum carro de passageiros. Confirmaram-se, assim, as quedas de volumes de todos estes veículos, em relação a 2021, reiterando a elevada ociosidade das respectivas fábricas.

Para o ano de 2023, estima-se um volume ainda menor de vagões (carteira de apenas 600 vagões até o momento) e de somente 29 locomotivas, sendo quatro delas para exportação.


“Os volumes de vagões e locomotivas vêm caindo ao longo dos últimos anos de forma drástica e perigosa, com o fechamento de várias fábricas. Urge uma ação imediata do novo governo, a ser acompanhada pelas Concessionárias, através da regulamentação pela ANTT da Portaria 1324 (Programa Frota Ferroviária Verde) e, ato contínuo, o lançamento de um Plano Trienal que defina previsibilidade e regularidade de fornecimento”, adverte Vicente Abate, presidente da ABIFER.

Na área de passageiros, haverá uma significativa reação, com entregas de 291 carros em 2023, sendo 69 para exportação, realizadas por somente duas fábricas, restando paralisadas as outras duas.


Fonte: ABIFER




bottom of page