Informação e Mobilidade

Terceiro dia do Workshop é dedicado à logística no transporte de cargas

Terceiro dia do Workshop é dedicado à logística no transporte de cargas

workshop_st_jornalismo (3)

 

No terceiro e último dia do “Workshop para Jornalistas – Área de Transportes”, realizado pela Revista Sobretrilhos e ViaBrasil Comunicação em parceria com o Simefre e a Abifer, o setor de cargas ganhou destaque com a participação de Fernando Paes (Diretor Executivo da ANTF), Rodrigo Cordeiro (Gerente de Engenharia e Desenvolvimento da Greenbrier Maxion), Jean Pejo (Secretário Geral da ALAF) e Luís Felipe Valerim (Diretor do DEINFRA/FIESP).

 

Fernando Paes e Rodrigo Cordeiro – A riqueza do Brasil passa pelos trilhos

workshop_st_jornalismo (2)Fernando Paes é bacharel em Direito pela PUC/SP. Foi chefe de gabinete dos presidentes da Finep, da Casa da Moeda do Brasil e da Escola Nacional de Administração Pública. Trabalhou nas prefeituras de São Paulo, como assessor técnico, e de Guarulhos, como consultor jurídico. É desde 2016 vice-presidente da Confederação Nacional de Transporte (CNT) e desde 2015 diretor-executivo da Associação Nacional dos Transportadores (ANTF).

workshop_st_jornalismoRodrigo Cordeito é Engenheiro Mecânico formado pela FEI, com especialização em engenharia ferroviária pelo Cepefer (Centro de Pesquisas Ferroviárias) e gestão de negócios pela Fundação Dom Cabral. Possui mais de 10 anos de atuação no mercado ferroviário brasileiro, tendo trabalhado no desenvolvimento de novos projetos de vagões com ênfase em interação veículo-via e contato roda-trilho. Atualmente é gerente de engenharia e desenvolvimento da Greenbrier Maxion.

A palestra trouxe, de maneira objetiva, nomenclaturas, diferenças e os conceitos de locomotivas e vagões (os tipos e os materiais que são transportados em cada um). Foi exposto o panorama do transporte de cargas no país, o perfil da frota e as perspectivas de investimentos. Como é possível deixar clara a necessidade de investimentos no setor para aumentar a competitividade do país na logística de cargas?

Jean Pejo – Por que short line?

workshop_jornalismo_stJean Pejo foi diretor de planejamento e gestão da FEPASA – Ferrovia Paulista S.A., e membro do conselho fiscal da Cia. Paulista de Força e Luz (Empresa de Transmissão e Distribuição de Energia). Atualmente é consultor em soluções logísticas, em projetos de infraestrutura de transporte, programas e normativas para construção, operação e manutenção de ferrovias através da P2A Infraestrutura. É o secretário geral da ALAF (Associação Latino-Americana de Ferrovias) no Brasil e diretor de sistemas de transporte do IDESTRA. Em sua palestra, esclareceu o conceito de short line abordando questões como: Elas auxiliam a universalizar o uso da infraestrutura ferroviária? Como é viável a reativação operacional de linhas ferroviárias? Algo que não é atrativo comercialmente aos grandes concessionários pode ser um negócio rentável para outros perfis de investidores? Como novos negócios poderão ser gerados a partir do modelo short line?

Luís Felipe Valerim – Concessões Ferroviárias e as regras para renovação antecipada

workshop_jornalismo_st (2)Em seu seminário, teve como foco, propor os esclarecimentos das particularidades deste modelo de negócio. Também abordou as questões contratuais, ambientais e alternativas de gerenciamento e de operação do modal. Luíz Felipe Valerim é mestre em direito econômico e financeiro pela Faculdade de Direito da USP, professor dos cursos de pós-graduação em direito administrativo e direito econômico da FGV-SP, da PUC-SP e da Sociedade Brasileira de Direito Público (SBDP). Foi coordenador de licitações, infraestrutura e energia na Casa Civil da Presidência da República e membro do Comitê Interministerial da AGU perante o TCU. Atualmente é diretor do departamento de infraestrutura da FIESP.

* O evento tem apoio institucional da AEAMESP, ANPTrilhos e ANTF e patrocínio da Alstom, Scomi e VemABC.

sobretrilhos

Revista híbrida com abordagens jornalísticas e técnicas. A circulação é controlada e dirigida a todos os segmentos de transporte de passageiros e logística. Aposta-se em uma linha editorial que vá além dos trilhos, trazendo informações e conceitos sobre infraestrutura, intermodalidade, urbanização e cidades inteligentes.

Top