Informação e Mobilidade

Secretário afirma que BRT funcionaria em Cuiabá e diz que já conversou com prefeito sobre implantação

Secretário afirma que BRT funcionaria em Cuiabá e diz que já conversou com prefeito sobre implantação

antenor figueiredoDe acordo com o olhardireto.com.br, o secretário de Mobilidade Urbana (Semob), Antenor Figueiredo, disse em entrevista ao portal, que o Bus Rapid Transit (BRT) funcionaria perfeitamente em Cuiabá. Além disto, ele revelou já ter conversado com o prefeito Emanuel Pinheiro (PMDB) sobre o assunto, já que a cidade possui alguns corredores feitos, em decorrência do Veículo Leve sobre Trilhos (VLT), que poderiam ser aproveitados: “O que não pode é ficar a cidade rasgada como está”.

“Eu já conversei com o prefeito sobre uma possível implantação do BRT em Cuiabá. Acredito que funcionaria muito bem aqui. Temos um trecho do aeroporto até o Atacadão livre, pronto, um corredor pronto. Que se faça o estudo e veja as possibilidades.  O que não podemos mais aceitar é que a cidade fique rasgada”, disse o secretário.

Antenor ainda lembrou que “na avenida Tenente Coronel Duarte me tiraram duas faixas de rolamento. Uma de um lado, outra de outro. Ai que começa o gargalo no trânsito. Cuiabá e Várzea Grande somadas dão 700 mil veículos. Em vez de aumentar a malha viária, diminuímos. Por isso que digo que a tecnologia também é importante para melhorarmos o trânsito”.

Vale lembrar que Cuiabá quase teve o BRT implantando. Quando foi anunciada como uma das sedes da Copa do Mundo de 2014, a capital mato-grossense tinha nos planos a construção do modal. Porém, após um looby político, decidiu-se por mudar para o VLT. À época, a estimativa de investimento era de quase R$ 500 milhões.

Na audiência pública que sacramentou a decisão de mudar o modal, realizada em setembro de 2011, foi apresentada a estimativa de custo de R$ 700 milhões para implantar o VLT. Em maio de 2012, o VLT foi licitado por R$ 1,477 bilhão.

A ideia era de que o BRT ajudasse a dar agilidade nos deslocamentos do transporte coletivo local em parceria com o VLT, que teria a função de ligar os pontos mais distantes da grande Cuiabá – do Aeroporto Marechal Rondon em Várzea Grande (região metropolitana da capital) até a região do CPA e do centro da capital até a região do Coxipó.

sobretrilhos

Revista híbrida com abordagens jornalísticas e técnicas. A circulação é controlada e dirigida a todos os segmentos de transporte de passageiros e logística. Aposta-se em uma linha editorial que vá além dos trilhos, trazendo informações e conceitos sobre infraestrutura, intermodalidade, urbanização e cidades inteligentes.

Top