Informação e Mobilidade

Estação Sé do Metrô recebe exposição em homenagem a mulheres que fizeram história

Estação Sé do Metrô recebe exposição em homenagem a mulheres que fizeram história

sé

Em cartaz até o fim do mês, a mostra “Mulheres Que Mudaram o Brasil” desembarca na estação Sé, após passar pelas estações Paraíso e Alto do Ipiranga. As imagens valorizam personagens femininas que se destacaram em suas áreas de atuação ao longo da história do país.

O artista gráfico Toni D’Agostinho expõe as caricaturas acompanhadas de textos biográficos da antropóloga Natália Negretti. O público pode acompanhar ilustrações que retratam ícones da música, da literatura e da dramaturgia brasileiras, além de nomes que marcaram época em profissões com pouca presença feminina, como no caso da instrumentista Chiquinha Gonzaga, conhecida por ser a primeira pianista de choro e autora da famosa canção “Ó Abre Alas”.

Entre outras homenageadas estão Inezita Barroso, popularmente chamada de “Dama da Música Caipira”, e Elza Soares, dona de uma das mais importantes vozes do samba.

Entre os destaques em literatura, aparecem Cora Coralina, poetisa e contista goianiense considerada uma das maiores autoras de língua portuguesa do século 20, Maria Firmina dos Reis, primeira romancista brasileira, e Carolina de Jesus, uma das mais importantes escritoras negras do Brasil.

As ilustrações também prestigiam nomes da área da saúde, como a renomada médica psiquiatra Nise da Silveira, que teve a carreira marcada pela oposição às formas agressivas de tratamento em hospitais psiquiátricos, com trabalhos de pesquisa reconhecidos internacionalmente. Além dela, a médica pediatra e sanitarista Zilda Arns, fundadora da Pastoral da Criança, também é homenageada.

sobretrilhos

Revista híbrida com abordagens jornalísticas e técnicas. A circulação é controlada e dirigida a todos os segmentos de transporte de passageiros e logística. Aposta-se em uma linha editorial que vá além dos trilhos, trazendo informações e conceitos sobre infraestrutura, intermodalidade, urbanização e cidades inteligentes.

Top