Informação e Mobilidade

62 anos de existência – Luiz Edson de Castro Filho

62 anos de existência – Luiz Edson de Castro Filho

Eng Luiz Edson - Presidente ASSEFFundada em 20 de maio de 1954 sob o  nome  de  “Associação  dos  Engenheiros  da Estrada de Ferro Sorocabana” e passando por “Associação dos Engenheiros da FEPASA(1)”, a ASSEF completa 62 anos de vida. Coube a este signatário, então presidente nas gestões 96/97 e 98/99, a missão de capitanear a alteração de sua razão social,  que a partir de 10  de  agosto  de  1998 passou ser “Associação dos Engenheiros Ferroviários no Estado de São Paulo”. Manteve-se a sigla ASSEF, alterando-se,contudo, os estatutos, para adequá-los à nova realidade advinda com o fim da FEPASA.

Assim, passamos a admitir como associados todos aqueles que direta ou indiretamente trabalhavam ou se interessavam por temas relacionados aos trilhos. Concomitantemente, através da figura do “sócio contribuinte”, ficou garantida a reentrada de amigos e parentes de ex-ferroviários que frequentavam a ASSEF no passado e que deixaram de fazê-lo por perda do vínculo principal, seja por mudança de emprego ou mesmo falecimento.

Mas enquanto a ASSEF se reinventa, com remodelação do site e estudos para implantação de compras on-line com vantagens efetivas para seus associados, o transporte ferroviário está muito aquém do que deveria, principalmente num país continental como o Brasil. Considerando que a opção pelo mais econômico é condição fundamental para uma nação que está nitidamente “no vermelho”, a busca pela melhor relação custo/benefício torna-se uma necessidade para qualquer governante.

Novamente, surge a opção ferroviária -aqui entendida como transporte sobre trilhos, seja para pequenas distâncias (metrô, VLT), seja para grandes distâncias (trem convencional) – como a mais indicada para o reerguimento da nação.

Nesse sentido, a ASSEF está se preparando para difundir os mais variados cursos e treinamentos para criação e resgate da mão de obra ferroviária, participando na divulgação e apoio a seminários, workshops, palestras, etc. Temos que estar prontos para as prováveis demandas do mercado, inclusive com a criação de um banco de currículos (atualmente em fase de formatação), uma vez que somos frequentemente consultados para indicação de mão de obra especializada.

Ainda no campo da prestação de serviços para nossos associados, a ASSEF disponibiliza assistência jurídica através de parcerias com escritórios de advocacia, bem como se propõe a intermediar essas ações na parte burocrática, simplificando sobremaneira o relacionamento entre as partes envolvidas.

No campo trabalhista, sempre foi uma extensão do Sindicato dos Engenheiros no Estado de São Paulo, servindo de “ponte” entre os associados e seus anseios, caracterizando um tratamento diferenciado aos aposentados e pensionistas vinculados ao SEESP.

Da mesma forma, possui um posto avançado de atendimento do C.R.E.A. – SP, facilitando a vida dos profissionais da região dos Campos Elíseos, que  podem acessar os serviços disponíveis chegando de trem pela Estação Júlio Prestes, bem como de ônibus pelo TerminalPrincesa Isabel.

Por fim, os associados e seus convidados podem desfrutar da hospedagem em casas de praia, com todos os equipamentos básicos necessários a uma agradável estadia, como ventiladores, televisão, utensílios domésticose churrasqueira, a apenas duas quadras da praia de Suarão, no município de Itanhaém.

(1) Produto da união das cinco ferrovias paulistas, quais sejam: “E.F. Sorocabana; E.F. Araraquarense; E.F. São  Paulo-Minas;  E.F. Mogiana e Companhia Paulista de Estradas de Ferro.

Luiz Edson de Castro Filho – Presidente da ASSEF
Originalmente publicado na Revista SOBRETRILHOS – Ano 2 – Edição 5

 

sobretrilhos

Revista híbrida com abordagens jornalísticas e técnicas. A circulação é controlada e dirigida a todos os segmentos de transporte de passageiros e logística. Aposta-se em uma linha editorial que vá além dos trilhos, trazendo informações e conceitos sobre infraestrutura, intermodalidade, urbanização e cidades inteligentes.

Top