Informação e Mobilidade

CBTT: temas e abordagens expressivas marcam palestras e oficinas

CBTT: temas e abordagens expressivas marcam palestras e oficinas

1

Wilmar Fratini, Metro SP; Joubert Forte Flores, MetroRio e presidente da ANPTrilhos e Plinio Assmann, Fundador da ANTP e Ex-presidente do Metrô SP e Ex-Secretário Estadual de Transportes/SP.

Durante o 20º Congresso Brasileiro de Transporte e Trânsito, organizado pela ANTP, nos dias 23, 24 e 25, em Santos, aconteceram palestras, oficinas, comunicações e visitas técnicas.

Temas como Plano Diretor, Plano de Mobilidade, BRT´s, gestão de velocidades, impactos do fornecimento de energia elétrica aos sistemas metroferroviários, mobilidade por bicicletas, ciclovias, segurança viária, o papel das microrrevoluções urbanas, marketing em tempos de crise, gestão operacional metroferroviária em mega eventos, entre tantos outros foram abordados durante o congresso.

Exemplificando, a palestra “Gestão Operacional Metroferroviária em Mega Eventos”, aconteceu na tarde do dia 23. Foi moderada por Plínio Assmann, Ex-presidente do Metrô SP, Ex-Secretário Estadual de Transportes SP e fundador da ANTP e contou com as participações de Joubert Forte Flores Filho, Diretor de Engenharia, Gerenciamento e Desenvolvimento do MetroRio e Presidente da ANPTrilhos e também Wilmar Fratini, Gerente de Operações do Metrô SP.

Joubert Flores apresentou os trabalhos e soluções desenvolvidas pelo MetroRio durante a Copa do Mundo e também a Jornada da Juventude, dois grandes eventos, mas com características e públicos distintos e que contaram de forma expressiva com os transportes do sistema metroferroviário.

Wilmar Fratini abordou também as ações desenvolvidas pelo Metrô SP durante a Copa do Mundo em 2014; os resultados, as aprovações e os atendimentos desenvolvidos.

Ambos dialogaram os eventos realizados com foco nos desafios que o MetroRio terá em 2016, na realização das Olimpíadas, no Rio de Janeiro e as atividades aplicadas durantes os mega eventos e que passaram a fazer parte do dia a dia das atividades, principalmente nas relações humanas com os usuários dos sistemas de transports sobre trilhos.

Por Ana Lúcia Lopes


 

sobretrilhos

Revista híbrida com abordagens jornalísticas e técnicas. A circulação é controlada e dirigida a todos os segmentos de transporte de passageiros e logística. Aposta-se em uma linha editorial que vá além dos trilhos, trazendo informações e conceitos sobre infraestrutura, intermodalidade, urbanização e cidades inteligentes.

Top